10 Hábitos de Pessoas com Alta Performance.

Por Mario Kendy Miyasaki

1)      Defina metas para si mesmo – Podem ser metas pequenas ou grandes, o mais importante mesmo é serem metas possíveis de serem atingidas em curto prazo, as metas de longo prazo devem ser um resultado das de curto prazo.

2)      Se começar alguma coisa termine – Não estabeleça ou assuma compromissos que sabe que terá dificuldades de cumprir, é preferível encontrar o problema ou mesmo o trauma que te impede de exercer algumas atividades.

3)      Se cometer um erro conserte-o – Deixar as coisas de lado ou não falar mais nelas não resolvem os problemas, muitas vezes pioram e até mesmo multiplicam, descubra o prazer que existe em solucionar conflitos ou problemas e aprenda a se livrar da carga emocional de problemas que não querem ser resolvidos.

4)      Seja Ouvinte – Aprenda a ouvir diferentes pontos de vistas antes de tomarem decisões importantes, cuidado com a síndrome de burnout, é cientificamente comprovada que alguns profissionais ao longo da carreira implodem o seu próprio negócio para se verem livres dos problemas, tenha sempre um plano de segurança contra as suas próprias decisões.

 5)      Meça suas ações – Para toda ação existe uma reação, quase sempre sabemos que ações precisamos tomar, porém dificilmente sabemos as reações delas. Dependendo do tamanho e importância de uma decisão é possível contratar profissionais, ou mesmo desenvolver estudos que demonstram os possíveis resultados de um projeto, investimento, ruptura, negócio, atividade entre outras situações, ou seja, “da sim para se prevenir do futuro”.

6)      Cuidado com a CHEFITE, DOUTORITE E CARGUITE – Ninguém faz ou executa uma atividade da forma correta porque você mandou, obrigou e ou determinou, geralmente da mais certo quando você motivou ou desafiou. Há às vezes incentivar com prêmios e bonificações ajuda bastante sabiam? As pessoas não fazem tudo apenas pelas lindas cores dos seus olhos, colaca a mão no bolso de vez em quando amigo (a).

7)      Emergencial ou Essencial? – Faça as coisas em quanto elas são essencial e não deixem se transformarem em emergencial, aprenda a organizar o seu tempo, se você atualiza o seu facebook antes de responder os seus emails é porque esta com sérios problemas. Cuidado para não se transformar em um (a) bombeiro (a), ou melhor, apagador de incêndios da empresa, pior ainda, cuidado para não valorizar apenas as pessoas que apagam incêndios, valorize mais as pessoas que plantaram e cultivam os projetos/negócios/ideias – antes que vocês as percam.

8)      Descentralize as Coisas Pequenas – As maiores razões para sermos centralizadores são, (Vaidade, Insegurança, Desconfiança, Despreparo, Ignorância, Tirania, Conservadores e ou simplesmente por sermos tolos), porém existem situações em que não podemos delegar por falta de habilidades de outrem, logo precisamos descentralizar não apenas as tarefas, mas também o conhecimento.

Fique tranquilo, se até você tem dificuldade de fazer as coisas darem certo sabendo tudo que sabe, os outros jamais terão sucesso com apenas uma fração do teu know roll.

9)       Conveniente X Inconveniente – As coisas mais inconvenientes geralmente trazem muitos resultados de longo prazo, deste modo, não espere encontrar soluções rápidas, simples e confortáveis para soluções sólidas e duradouras, exemplo: Fazer Mestrado, Pós- Graduação, Graduação = Inconveniente.

10)   Valorize-se e Especialize-se: O mercado é cruel, tem cada dia mais gente disposta a trabalhar mais por menos, logo o segredo é investir mais no que você já é bom, do que querer saber de tudo um pouco, procure investir em um conhecimento vertical e não horizontal.

Mário Kendy Miyasaki. Técnico em contabilidade; Bacharelando em Direito- PUCPR – Pontifícia Universidade Católica do Paraná. Autor da Obra – Revisão Previdenciária do Mínimo Divisor. Artigos Publicados: Revisão do Mínimo Divisor – Revista de Direito do Trabalho e Previdenciário Nº 38/ Lex Magister; A Sistemática de Cálculo da Aposentadoria por Invalidez após Recente Decisão do STF – Revista Brasileira de Direito Previdenciário – Nº 08 / Lex Magister. Diretor Comercial da Previcalc – Empresa de Cálculos Previdenciários; Calculista Especializado em Direito Previdenciário; Palestrante e Consultor Previdenciário.

Comentário

*

captcha *