COMO SABER SE TENHO DIREITO A REVISÃO DO TETO DAS EC 20/98 e EC 41/03.

Primeiramente você precisa verificar se o seu SB:(Salário de Benefício) ficou acima do teto caso tenha ficado faça a seguinte conta:

Para analisarmos a revisão do excedente ao limitador teto no salário de benefício é muito simples, devemos nos atentar aos seguintes passos:

Oriente-se pela carta de concessão com memória de cálculo e ao final da soma de todos os salários de contribuições encontrará uma média das ultimas 36 ou das 80% SC (salários de contribuições).

Confira se esta média ficou limitada ao teto e foi reduzida para ele, caso tenha sido reduzida faça a seguinte conta:

DIB: 01/05/1995
Média do salário de benefício = R$ 1.200,00
Teto na data da DIB = R$ 832,66

Diferença a ser aplicada na melhores oportunidades
(R$ 1.200,00 / R$ 832,66 = 1,4411% – 1 x 100 = 44,116%).

Pronto você encontrou a diferença a ser aplicada no primeiro reajuste ou nas melhores oportunidades.

3. Por ultimo encontre a data do primeiro reajuste e aplique todo o excedente possível, exemplo:
DIB 05/1995 RMI = R$ 832,66 (Limitado ao Teto) Reajuste dado em Maio de 1996 = 15% reajuste dado ao Teto 15% ou seja não sobrou espaço para inserir esta diferença, mesmo assim não podemos jogá-la fora e sim distribuir nas melhores oportunidades.

Existe um pequeno detalhe ainda a ser verificado, os benefício devem ser reajustado de forma proporcional ao numero de meses do ano da concessão do benefício, esta proporcionalidade se calcula da seguinte forma:

A) Um ano tem 12 meses.

B) Reajuste do ano da sua aposentadoria Ex:15%.

C) Mês da sua Aposentadoria 5 (Maio).

D) Índice do primeiro reajuste: 15% /12 x 5 = 6,25%

após este reajuste você precisa aplicar a diferença encontrada, caso sua renda ultrapasse o teto naquele mês significa que você tem direito a revisão do teto.

Atenciosamente.
MARIO KENDY MIYASAKI

Mário Kendy Miyasaki. Técnico em contabilidade; Bacharelando em Direito- PUCPR – Pontifícia Universidade Católica do Paraná. Autor da Obra – Revisão Previdenciária do Mínimo Divisor. Artigos Publicados: Revisão do Mínimo Divisor – Revista de Direito do Trabalho e Previdenciário Nº 38/ Lex Magister; A Sistemática de Cálculo da Aposentadoria por Invalidez após Recente Decisão do STF – Revista Brasileira de Direito Previdenciário – Nº 08 / Lex Magister. Diretor Comercial da Previcalc – Empresa de Cálculos Previdenciários; Calculista Especializado em Direito Previdenciário; Palestrante e Consultor Previdenciário.
  1. cristina nobre da silva Responder

    trabalhei em 2013 de fevereiro a fevereiro de 2014 nunca tive extrato de fgts mais recebi o meu fgts na caixa tenho direito ao reajuste

    • admin Responder

      A diferença do FGTS vai de 1999 até 2012, neste período a diferença seria insignificante, creio não valer a pena, se o período for maior pode ser mais interessante.

  2. sonia dos santos Responder

    FIQUEI VIUVA EM , E GOSTARIA DE SABER SE TENHO DIREITO A ESSA REVISÃO DO INSS.
    DESDE JÁ AGRADEÇO.

    • sonia dos santos Responder

      FIQUEI VIUVA NO ANO 1999, E GOSTARIA DE SABER SE EU TENHO DIREITO A ESSA REVISÃO DO INSS.

  3. Maria A. A. Bonfante Responder

    Meu maridoem 1995 recebia auxilio doeça que foi ate 1999depois disso se aposentou. No mes de fevereiro de 2004 faleceu me tornei pensionista a partir do dia 17 de fevereiro de 2004. Gostaria de saber se existe a possibilidade de eu ter algum direito.
    Obrigada

    • admin Responder

      Talvez sim, você pode ter direito a revisão do IRSM que poderia sofrer uma ação reflexa na aposentadoria dele, mande a carta de concessão do auxílio bem como da aposentadoria e da pensão para meu e-mail: adec@adec.org.br.

      Obrigado!

  4. Paulina d' Aguiar silva Responder

    Me aposentei em 2004 e gostaria de saber se tenho direito a receber algum valor? eu me aposentei como agrigultora. Aguardo a resposta!

    • admin Responder

      Provavelmente não querida, devido ao fato dos segurados especais trabalharem no regime de contribuições solidarias, ou seja, todos eles pagam e muitos impostos ao contrário do que os leigos dizem por ai, no entanto eles não contribuem diretamente ao sistema e sim indiretamente, quando retirar uma nota fiscal, quando paga por um serviço contratado na sua lavoura, estes são apenas alguns exemplos, você só teria uma chance caso tenha efetivamente contribuído diretamente ao sistema, desta forma você não teria uma aposentadoria rural e sim um aposentadoria por tempo de contribuição que contou as contribuições vertidas como agricultora, isso pode ocorrer em muitos casos, no entanto é mais raro de vermos.
      Deste modo preciso saber o numero do seu benefício e a espécie.

      abraço.

  5. Daniel Bezerra da Silva Responder

    Me aposentei em 1994 obs.aposentadoria especial. Quero saber se tenho direito a revisao pelo teto

  6. Pingback: URL

  7. LUIZ DE MARCHI Responder

    aposentei proporcional por tempo de serviço em 1.996 – janeiro deste anos, porem sempre contribiui acima do teto, a media deu inferior ao teto – Porque?
    sera que fizeram o calculo redutor errado?
    porque considero estranho pois minhas contribuições sempre foram acima do teto a media deveria ter ficado no minimo com o teto – poderia me dar explicação a respeito

  8. Romilda J. dos Santos Responder

    Sou aposentada desde 2001,e aposentei e cima de 3 salario minimo,que foi 70%.deste valor.Gostaria de saber se tenho direito,pois só recebo 764,00.

    • admin Responder

      Bom Dia ! Primeiramente quero agradece-los por comentar em meu blog, fico muito feliz em saber que meus artigos e notícias esta ajudando algumas pessoas, muitos me perguntam se tem direito à algum tipo de revisão, e muitas vezes até postam algumas informações da suas aposentadorias, mas infelizmente não tem como eu responder estas perguntas sem antes analisar detalhadamente os documentos da sua concessão da aposentadoria, para responder essas perguntas nós criamos a empresa Previcalc, nela uma equipe de especialistas ira analisar seu direito em um portfólio com mais de 125 teses de revisões de benefícios do INSS, caso tenha interesse em saber se você realmente tem direito algum tipo de revisão.

      Acesse: http://www.previcalc.com

      Email: comercial@previcalc.com

      Cordialmente
      Mario Kendy Miyasaki
      3

  9. luiz sena davel Responder

    me aposentei em junho de 2004 contrbuia sobre o teto de 155.00 fiz porpocional recebendo na epoca 73% sobre o teto macimo hoje eu teria que receber os mesmo 73% do teto macimo so que recebo bem menos sera que isso e justo o reajuste so funciona para a gente pagar

    • admin Responder

      Bom Dia ! Primeiramente quero agradece-los por comentar em meu blog, fico muito feliz em saber que meus artigos e notícias esta ajudando algumas pessoas, muitos me perguntam se tem direito à algum tipo de revisão, e muitas vezes até postam algumas informações da suas aposentadorias, mas infelizmente não tem como eu responder estas perguntas sem antes analisar detalhadamente os documentos da sua concessão da aposentadoria, para responder essas perguntas nós criamos a empresa Previcalc, nela uma equipe de especialistas ira analisar seu direito em um portfólio com mais de 125 teses de revisões de benefícios do INSS, caso tenha interesse em saber se você realmente tem direito algum tipo de revisão.

      Acesse: http://www.previcalc.com
      Email: comercial@previcalc.com

      Cordialmente
      Mario Kendy Miyasaki
      12

  10. meu esposo faleceu em 15.06.1998 Responder

    comesei a receber a pensoa do meu esposo em 1998 era 560.00 agora recebo 1.390.00 eu tenho direito a esse reajuste obrigado

  11. genaro ramalho filho Responder

    me aposentei em 23/08/94 com aposentadoria especial meu salario na epoca era de 1.761,93 mas recebia 463,66 queria saber se tenho direito de receber o teto?

  12. genaro ramalho filho Responder

    me aposentei em 1994 meu salario liquido era de 1761.93 mas recebia 463.66 liquido tenho direito de receber pelo teto? minha aposentadoria e especial gostaria de ter resposta

  13. regina almeida Responder

    Sempre contribui bem acima do teto. Aposentei proporcional em out/98 e ao fazer o calculo o INSS desconsiderou as minhas contribuições e considerou teto máximo, corrigiindo os valores de 10/95 a 09/98 e dividiu po 36 chegando a um valor de Salário beneficio= R$1.047,24 x 70% = R$733,06 .
    Se consideraR as minhas contribuições corrigidas daria um valor de salário beneficio de 1.909,36 x 70% = R$1.336,90.
    Gostari de saber se tenho direito a revisão e como calcular?
    ..

  14. valdines Responder

    Tive um AVC em maio de 2003 com media de 1.656,00 sendo o teto de 1565,00 e recebi na epoca 1.421,00 (1.565,00 x 91%) no qual me aposentei em 05/2005 sempre limitada ao teto.
    Gostari de saber se tenho direito a revisão e como calcular?

Comentário

*

captcha *