Espólio de viúva não precisará pagar pensão retroativa a filho reconhecido tardiamente

04 de agosto de 2014- Fonte: DireitoNet O espólio de uma viúva foi dispensado de pagar ao filho de seu falecido marido – reconhecido tardiamente – a metade da pensão que ela recebeu no período entre a data do falecimento e a habilitação do menor no órgão previdenciário. O entendimento

Data do agendamento vale para pedido de pensão

25 de julho de 2014- Fonte: Diário do Grande ABC Por: Soraia Abreu Pedrozo. O filho de até 21 anos ou cônjuge que requerer o direito à pensão por morte precisa ficar atento à data do agendamento no INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) para dar entrada no pedido. Se a marcação fo